Grupo Conserpa Enger

Autônomo pode financiar a casa própria?

A comprovação de renda para pessoas que trabalham por conta própria ou profissionais liberais pode ser efetivada de diversas maneiras. Veja como o autônomo pode financiar

Autônomo pode financiar

Não ter vínculo empregatício ou carteira assinada por uma empresa não impedem pleitear um financiamento. É possível comprovar renda e se organizar para deixar esse processo viável.

A renda não comprovada é geralmente originada por meio de atividade de prestação de serviço, venda (comércio) ou de confecção de produtos. Pode ser efetivada por profissionais independentes e de forma individual, como por exemplo: barbeiro, doceira, pedreiro, pintor, manicure, costureira, encanador, lavador de carros, eletricista, etc.

Outra possibilidade de renda não comprovada é aquela exercida por profissionais especializados, com escolaridade superior ou técnica. Em geral são profissionais liberais que prestam serviços qualificados ou produzem bens com valor mais alto, como exemplo: professor, decorador, arquiteto, engenheiro, programador ou analistas de sistemas, etc.

Os bancos atualmente utilizam o conceito de capacidade de pagamento, onde além dos fatores de renda comprovada e renda não comprovada (informal), aproveitam-se as informações do histórico de comportamento interno e externo do cliente (Ex. média de aplicações ou de utilização de crédito rotativo, registro de cheques sem fundos, inadimplências, etc.), além da situação cadastral, das condições do crédito pleiteado, da capacidade financeira e do cenário macroeconômico.

Como comprovar renda de autônomo para financiamento habitacional:

apuração de renda - comprometimento de renda

Veja mais:

Comprometimento de Renda

Vamos detalhar algumas condições que podem facilitar a comprovação da capacidade de pagamento e aumentar as possibilidades de aprovação do financiamento imobiliário:

Profissional autônomo pode se regularizar para se valer de alguns direitos e até avaliar se abrir empresa não seria uma melhor opção.

A regularização dos profissionais autônomos e liberais facilitam a aquisição de crédito, e em especial para o financiamento habitacional.

Dependendo da situação do profissional, pode ser melhor abrir uma empresa para prestar seus serviços. Isso porque, nesse caso, a tributação é menor.

O Microempreendedor Individual (MEI) pode financiar a sua casa própria.

Assim, em especial para quem quer deixar de pagar aluguel, conquistar a casa própria e realizar um sonho é perfeitamente possível para todos, mesmo para quem tem renda informal.

GILBERTO RIBEIRO DE MELO

ESPECIALISTA – CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Compartilhe: