Grupo Conserpa Enger

Como escolher um bairro para morar?

Será que o lugar onde moramos, nós que escolhemos ou o lugar que nos escolhe? É uma pergunta um pouco filosófica, mas na prática é importante sua consideração. Em muitos casos as circunstâncias nos leva a morar em determinados bairros sem que necessariamente tenhamos escolhidos. Isto é comum em função de algumas conveniências como trabalho, estudo, proximidade de parentes, etc.

Como escolher um bairro para morar?

Quando você tem pode fazer a escolha é uma oportunidade importante para fixar a moradia em lugar que traga benefícios a você e sua família. Naturalmente que cada pessoa tem uma necessidade, mas de maneira geral algumas dicas podem ser úteis para quem precisa escolher o bairro. Vamos a elas: bairros de um cidade tipos e classificação

Bairros antigos versus novos

Os antigos têm suas particularidades como o estilo de construções e provavelmente os moradores que tende a ser pessoas mais tradicionais na cidade, geralmente mais idosos e consequentemente um bairro mais calmo. Os novos, como muitas exceções atraem as novas famílias e costumeiramente podem ser mais agitados.

Residencial versus comercial

Alguns são estritamente residenciais com a incidência de poucos comércios, enquanto que outros são opostos. Morar em área muito comercial é complicado pela movimentação, fala de vagas para estacionar, entre outros, mas o oposto também não é bom. Eu morei em um bairro onde não havia praticamente comércio nenhum e tudo que precisava tinha de pegar o carro e dar um passeio. Essa falta de comércios essenciais como farmácias, açougue, supermercados e outros incomoda um pouco.

Trânsito

Mas acredito que um dos itens mais importante é o trânsito e a influência que este terá no seu cotidiano. Nesse caso analise quais seriam os seus trajetos para o trabalho, escola das crianças e outras atividades que envolverão movimentação. Eu por exemplo vendi uma casa onde morava motivado pelo trânsito e o trajeto que eu tinha de fazer diariamente. No meu caso envolvia uma avenida muito perigosa onde normalmente as pessoas trafegavam em alta velocidade e um anel viário que tinham que obrigatoriamente ser cruzado. A mudança trouxe mais qualidade de vida e menos exposição a um perigo eminente.

Perfil do bairro

Qual o tipo de morador ele tem? É possível determinar ou perceber? Isto e importante, afinal, gostando ou não serão pessoas que de alguma forma nos relacionaremos com eles. Há muitos perfis de pessoas como os baderneiros, os reservados, os hospitaleiros, os encrenqueiros, etc. Fonte: Viva Real

Compartilhe: