Grupo Conserpa Enger

Deixe sua casa pronta para o verão

Este é um período em que muitas pragas aproveitam a oportunidade para atacar suas plantas. O pulgão e a cochonilha, por exemplo, aparecem por causa da umidade e tendem a “sufocar” as espécies em casa de infestação. Nos gramados, há uma maior incidência de plantas daninhas, como o tiririca e o trevinho.

Segundo o técnico agrícola e especialista em jardinagem Vâner Silva, presidente da Ecojardim, o mais indicado é aplicar inseticidas naturais que não agridem pessoas, animais e o meio ambiente.

“Existem produtos com esses benefícios nos supermercados, mas é preciso ter disciplina – e tempo – para fazer a aplicação regularmente. Por isso, muitas pessoas preferem contratar profissionais especializados que também auxiliarão na nutrição das plantas”, diz.

Casa seca, sem infiltração ou goteiras

Em geral, os primeiros sinais são manchas em tetos e paredes. No telhado, é importante fazer inspeções periódicas nas telhas para verificar se estão quebradas ou mal encaixadas.

“O ideal também é manter as calhas sempre limpas – inspeções semestrais, pelo menos. Quando entopem, elas podem gerar infiltrações nas paredes e até causar danos à estrutura do imóvel”, diz Cristiane Sita, arquiteta da Praquemarido.

No caso das fundações, que normalmente são feitas sem que você ou o proprietário tenham acompanhado, fique atenta a manchas em áreas das paredes próximas ao chão.

“Um profissional deve fazer uma avaliação o quanto antes. No caso de uma intervenção, o processo é delicado porque a terra sob o piso em torno da região deve ser removida e a impermeabilização, refeita. Quanto mais tempo, maior o estrago e o custo”, adverte Cristiane.

Espante baratas, formigas e pernilongos

 

0a3cf926-f5be-4caf-a431-8e82828ec57d

Algumas alternativas naturais ajudam a afastar os insetos:

Compartilhe: