Grupo Conserpa Enger

Imóvel é investimento seguro em tempo de crise

write-593333_1920Para quem possui recursos para investir, o cenário atual é um bom momento para apostar no mercado imobiliário. Ao contrário de muitos segmentos, o setor continua garantindo a valorização do imóvel, fazendo dele um dos ativos mais seguros em momentos de retenção e incertezas na economia brasileira.

Segundo o superintendente administrativo financeiro do Inocoopes, Arizio Varejão, as empresas estão mais flexíveis, pois querem reduzir seus estoques para iniciar um novo ciclo de lançamentos. “Essa é a chance do cliente conseguir descontos, entre outros benefícios, que facilita o fechamento do negócio sem riscos”, avalia.

O imóvel sempre se mostrou um bom investimento, é algo palpável, físico, e traz certa segurança, por isso é considerada uma moeda forte. Além disso, a valorização do metro quadrado é a longo prazo. O proprietário tende a ter um retorno financeiro superior ao valor empregado na época da compra do imóvel.

Prova disso, é que Vitória, de acordo com pesquisa da Fipe Zap, é apontada como a segunda capital do país, onde o imóvel pronto registrou valorização acima da inflação. Outro exemplo, é que nos últimos cinco anos, um apartamento de quatro quartos, na Praia do Canto, obteve valorização de 98% contra os 39% de rendimento da poupança, como também se manteve acima do IPCA (39%) e IGPM (35%).

Esse momento favorável de investir no setor imobiliário se estende aos loteamentos, como ressalta Douglas Vaz, diretor da Cristal Empreendimentos. “A aposta em loteamentos é um investimento rentável em qualquer situação. Não há como perder dinheiro com a compra de terreno. A valorização poder chegar a até 100% em termos reais. Então, quem quiser pagar por um valor mais em conta, e colher bons frutos ao longo do tempo, esse é o momento”.

Segundo o coordenador de marketing e vendas da FGR Urbanismo no Estado, Alessandro Negreli, essa questão reflete o conjunto de benefícios oferecidos por esses projetos, que vão desde proporcionar maior qualidade de vida e de segurança, opções de lazer diferenciado, preço mais acessível a possibilitar um maior contato com o meio ambiente. “O condomínio Jardins Veneza, por exemplo, apresentou intensa valorização nos últimos três anos”, revelou Alessandro.

Fonte: Obra 24 horas

Compartilhe: