fgts

Posso usar o FGTS mesmo com nome sujo?

fgtsQuero usar meu FGTS para dar entrada na casa própria, mas tenho “nome sujo” (negativado). Mesmo assim é possível ou tenho que regularizar a situação do meu nome primeiro?

Resposta de Marcelo Prata*:

Não é um restritivo para a utilização do FGTS o fato de você ter o “nome sujo”. No entanto, caso sua intenção seja realizar um financiamento imobiliário para pagar parte do valor do imóvel, isso não será possível em função das restrições que você mencionou.

O raciocínio é relativamente simples, o FGTS é o seu dinheiro que está aplicado em fundo mas que só pode ser sacado em ocasiões especiais, como demissão sem justa causa, doenças graves ou compra do imóvel para moradia, portanto, independente de ter restritivos em seu nome é seu direito poder utilizá-lo.

Já a parte do financiamento é uma linha de crédito como qualquer outra e, para que seja aprovada, será realizada uma análise da sua capacidade de pagamento e seu histórico no mercado.

Por esse motivo, o “nome sujo” irá lhe impedir de conseguir algum banco que aceite financiar. A única opção que resta é pagar à vista utilizando o FGTS como parte do pagamento, uma vez que nenhum banco financia nessas condições.

Um ponto para você avaliar é se está no melhor momento para realizar a compra de um imóvel. Mesmo podendo utilizar o FGTS você terá custos com a compra como documentação, por exemplo, além de outros com mudança e pequenas reformas que possam ser necessárias.

Como mencionou que está com o “nome sujo” isso me faz pensar que seu orçamento esteja muito apertado. Assim, minha sugestão é que você regularize primeiro essas pendências, poupe aproximadamente 10% do valor do imóvel para as despesas e ai sim faça a compra.

Até porque, no atual cenário da economia, caso perca o emprego, seu FGTS funcionará como uma espécie de seguro para arcar com as despesas pessoais e familiares enquanto não se recolocar.

Dessa forma, não só conseguirá um financiamento imobiliário, se for o caso, como a compra do imóvel terá sido uma decisão pensada e sustentável de se pagar.

*Marcelo Prata é especialista em crédito imobiliário e fundador dos sites Canal do Crédito e Resale.com.br

Fonte: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/posso-usar-o-fgts-mesmo-com-nome-sujo/

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *